Escola

Compartilhe

Histórico
Em 1993, é fundada a escola Multimídia Processamento de Dados, com objetivo de promover a capacitação de adolescentes, jovens e adultos na área de informática, sendo uma grande novidade do início dos anos noventa.
Em 1994, a escola passou a ser denominada de Mega-Mídia Processamento de Dados. Ainda em 1994 foram desenvolvidos alguns outros projetos, dentre eles “Mega-Mídia Kids” e “Semente do Futuro”, destinados ao público infantil, oportunizando o uso da informática como instrumento didático pedagógico no apoio às atividades das disciplinas escolares.
Após um período de debates e estudo dos membros do Conselho Estadual de Educação, foi criada em março de 1996 a primeira Escola Técnica do Estado, denominada de “Meta – Escola Técnica do Amapá”, oferecendo o Curso Técnico em Processamento de Dados para alunos concluintes do Ensino Médio. Mais uma vez conseguiu-se ir ao encontro dos anseios da juventude amapaense, que passou a ter uma opção real e de qualidade para atingir sua qualificação profissional.

No ano seguinte, abriram-se matrículas para o Ensino Médio concomitante ao ensino profissionalizante Técnico em Informática.

Em 1999, turmas do Ensino Fundamental regular e na modalidade da Educação de Jovens e Adultos foram criadas, ampliando o atendimento da Escola Meta.

Em 2004 foram abertas as primeiras turmas de Educação Infantil, fechando um ciclo que vai do Maternal ao Convênio, tendo ainda o Fundamental e Médio na modalidade da Educação de Jovens e Adultos – EJA.

Com um dos melhores conceitos do Estado no que tange a qualidade de seus serviços educacionais, a Escola Meta trabalha através do desenvolvimento de projetos nas mais variadas áreas do saber, com destaque em Matemática, Física e Educação Física tem-se o Projeto “Matematlética” e em Português, Redação, Literatura, Língua Estrangeira, e Artes o Projeto “FAM” (Festival de Artes da META)

No campo da Responsabilidade Social a instituição tem boa participação no esporte amador, destacando um programa de Bolsas Escolares que oferece mais de 7% das vagas existentes em toda a Escola para atletas carentes.

Filosofia

O ser humano, por ser dotado de inteligência, tem uma relação própria com a realidade que o cerca e da qual, ao mesmo tempo, é parte integrante: ele não só observa o que acontece, mas busca compreender, saber por que acontece. Ao longo de sua vida constrói uma estrutura ideológica que resulta das suas relações sociais. O seu modo de pensar, as explicações que tem para o que acontece ao seu arredor são, assim, uma expressão da sua prática social. Esta concepção implica em entender que os seres humanos podem transformar a realidade social, pois a mesma é resultado do que seres humanos no passado e da determinação de fatores históricos por eles construídos determinaram.

O fator que identifica a concepção da educação não é seu discurso, suas falas e, sim, suas práticas, suas relações concretas com a realidade, com as pessoas, com as instituições sociais. Estas práticas e estas relações respondem pelo caráter conservador ou transformador da educação. Portanto, não existe uma educação neutra, que não interfere não influência que não interage com a realidade.
Nossa concepção pedagógica, baseada no Construtivismo ou Sócio Histórico acredita que o homem não nasce pré-determinado, este é um ser social, produto e também produtor da história, capaz de lidar com a dialética social, transformando, compreendendo e administrando conflitos.

Espaços e Recursos

Psicopedagoga Institucional
Psicóloga
Biblioteca

Laboratório de informática e robótica
Laboratório de ciências
Psicomotricidade
Sala de dança/judô
Tablets
Sala de atendimento educacional especializado